Dança

Living Legends

01 de Maio

Pela primeira vez desde 2000, o grupo popular de dança BYU Living Legends retorna ao Brasil para uma turnê de apresentações diferente de qualquer outra. Seu energético show celebra a música e danças de nativos americanos, polinésios e latino-americanos em um espetáculo cativante de 90 minutos. A turnê ocorrerá entre os dias 1º e 18 de maio, com paradas em São Paulo, Campinas, Curitiba, Foz do Iguaçu, Goiânia, Distrito Federal e Manaus.

 

SOBRE A PEÇA

Os artistas da Living Legends são todos nativos de sua própria cultura que inclui polinésios, latino-americanos e nativos americanos. Eles muitas vezes se esforçam para manter suas culturas vivas, compartilhando-a com pessoas ao redor do mundo. Eles também entendem a importância de aprender sobre outras culturas diferentes das suas.

O grupo viajou recentemente para a Alemanha e a Suíça e aprendeu como a dança e a música podem ser uma língua em si. “Dança e música são uma das poucas maneiras pelas quais podemos derrubar barreiras”, disse a dançarina Mariah Matua. “Esta é uma maneira que podemos perceber que temos muito mais em comum do que diferenças”.

No Brasil, o grupo espera compartilhar conexões culturais através de suas danças. Os brasileiros podem estar familiarizados com alguns dos seus números latino-americanos. Por exemplo, “Chacareira de Violino”, uma

peça cultural bem conhecida que apresenta as populares paisagens e os gaúchos da América do Sul. Depois, há as danças indígenas americanas, que lembrarão os brasileiros de seus próprios povos indígenas. Finalmente, as danças polinésias irão adicionar uma cultura diferente e maravilhosa ao Brasil que muitos ainda não experimen- taram.

“Estamos trazendo três culturas que são mantidas vivas pelos alunos. Em qualquer lugar que vamos, as pessoas se apaixonam pelas três culturas”, diz a diretora Janielle Christensen. “O show é projetado de uma forma que as pessoas apreciam o passado, a cultura e a regalia”.

Alguns dançarinos viveram no Brasil enquanto serviam como missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Esses alunos poderão se comunicar em português após apresentações e atividades de divulgação. Além disso, todo o grupo aprenderá um pouco de português antes de viajar para que eles possam continuar aprendendo durante a turnê enquanto se comunicam com o povo brasileiro.

O itinerário de Living Legends é cheio de aventuras. Além de suas oito apresentações, eles têm uma apresentação ao ar livre planejada em São Paulo, na Avenida Paulista, no vão livre do MASP (Museu de Arte de São Paulo). O grupo também irá a Foz do Iguaçu para aproveitar a majestosa cachoeira marco da tríplice fronteira. O grupo passará pelo Centro-Oeste para um intercâmbio de danças. Sua última parada será em Manaus, onde os estudantes poderão participar de um cruzeiro na Floresta Amazónica para nadar com os botos cor-de-rosa do Rio Negro e visitar uma vila indígena.

O show ‘Estações’ do Living Legends tem uma mensagem sobreposta que é sincera e poderosa. Os alunos trabalharão duro para retratar essa mensagem através de suas ações, danças e contos. Living Legends é originário do Departamento de Dança da Faculdade de Belas Artes e Comunicações da Universidade Brigham Young, em Provo, Utah. A BYU é uma das maiores universidades cristãs privadas dos Estados Unidos, atendendo cerca de 30.000 alunos.

Os estudantes de Living Legends são descendentes das culturas que representam. Além disso, todas as fantasias e coreografias são representações autênticas projetadas para oferecer uma experiência cultural para públicos de todas as idades. A BYU é patrocinada pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

 

 

Informações

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Acessibilidade: Motora e Visual

Veja mais no site oficial

www.saladeimprensamormon.org.br

Outros Espetáculos