Acervo

O MAESTRINO

SOBRE A PEÇA

Após mais um dia de fracasso, o palhaço maestrino dorme e, nos seus sonhos, se depara com um mundo lúdico
composto por diversos personagens representados por diferentes máscaras. Depois do premiado A Rainha Procura
(Grande Prêmio da Crítica pela APCA 2013, melhor espetáculo Infantil pelo Guia da Folha 2013, melhor espetáculo e
direção do prêmio FEMSA 2013), a Cia do Quintal deixou de lado as cenas de improviso, característica marcante do
grupo, e apostou na criação de um mundo fantasioso inspirado na estética e no diálogo da linguagem do clown com as máscaras expressivas.

Sem texto, a peça oferece a plasticidade das máscaras para criar uma atmosfera onírica que pretende alcançar adultos e crianças. “Não é uma peça sobre sonhos, mas sim um convite para sonhar acordado”, ressalta o diretor da Cia, César Gouvêa. César concebeu o espetáculo com Elisa Rossin, que também atua e assina a direção de arte e figurinos. As máscaras (13, ao todo) feitas por Elisa são inspiradas na estética da Cia Famlie Flöz, importante referência do teatro de máscara mundial situada na Alemanha, onde a atriz realizou estágio em 2008. Inéditas no Brasil, elas se aproximam de caricaturas humanas, carregando traços cômicos e clownescos.

Informações

Duração:

Classificação: Livre

Acessibilidade: Motora e Visual

Ficha Técnica

Materiais disponíveis: O MAESTRINO

Outros Espetáculos